JOÃO LOURENÇO PRESIDENTE DO MPLA NA MIRA DO TRIBUNAL PENAL INTERNACIONAL



João Manuel Gonçalves Lourenço nasceu aos 05 de Março de 1954 na cidade do Lobito, Província de Benguela, é filho de Sequeira João Lourenço, natural de Malanje e de Josefa Gonçalves Cipriano Lourenço, natural do Namibe, ambos já falecidos atualmente é Presidente do MPLA,nessa qualidade, é suspeito de ter ordenado os seguintes crimes na república de Angola na qualidade do chefe do executivo e comandante em chefe das forças armadas Angolanas:

 Eis os contra a humanidade (prisão ou outra privação grave de liberdade; tortura; perseguição; desaparecimento forçado; e outros atos desumanos);  inclusive ter conveniência criminal anteriormente no governo de José Eduardo dos Santos,

crimes de guerra (tortura e tratamento cruel), enquanto era comissário provincial em Moxico, Benguela tendo participado na direção das tropas do exército já extinto FAPLA ligado ao partido MPLA no massacre de centenas de pessoas no território ocupado militarmente em Cabinda.

 O mesmo suspeito de ter cometido esses crimes juntamente com outros e / ou através de outros ou ordenado, solicitado ou induzido esses crimes ou auxiliado, incitado ou de outra forma auxiliado na prática desses crimes;  ou de qualquer outra forma contribuiu para a prática ou esses crimes. 

Caso as investigações dos sobre qual é suspeito, terá um mandado de captura internacional.

Processo em curso pelo Jornalista de investigação e ativista dos direitos humanos Moussa Garcia 

03/02/2021

Mais informações contacte nos Oude Waalsdorperweg 10

 2597 AK, Haia

 Os Países Baixos

 Tel.  + 31 (0) 70 515 8515

 Fax +31 (0) 70 515 8555

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *