Padre e freira assassinados a tiro por resistirem a assalto – dois suspeitos do duplo homicídio foram detidos

Padre e freira assassinados a tiro por resistirem a assalto – dois suspeitos do duplo homicídio foram detidos

 Os dois principais suspeitos do assassinato, este domingo, do padre católico César Vaz Sacramento, de 43 anos, de nacionalidade santomense, e de uma freira namibiana de 29 anos, e cujo nome não foi revelado, foram esta segunda-feira,14, detidos pelo Serviço de Investigação Criminal (SIC) na província do Huambo, avançou ao Maka Mavulo News fonte da corporação.

 Por Miguel Antonio Galiano

Huambo Angola

 15 de Março 2021 às 20:45

 Segundo dados do relatório de Segurança Pública da Polícia Nacional (PN), o duplo homicídio ocorreu quando as vítimas se dirigiam à floresta na zona da chianga, adjacente à Faculdade de Ciências Agrárias (FCA), para a realização de uma actividade religiosa.

Durante a viagem, as vítimas, que tiveram de parar devido ao mau estado da via, foram surpreendidas por marginais que terão tentado subtrair os seus pertences, tendo uma das vítimas resistido ao assalto. Os religiosos foram baleados mortalmente com disparos de arma de fogo. Até meio da tarde de segunda-feira ainda estavam por realizar os exames periciais aos corpos dos religiosos.

Ao Maka Mavulo News, o porta-voz do SIC-Huambo, Miguel Calembela, explicou que o padre teria sido baleado “depois de opor resistência” a um assalto ocorrido por volta das 15:00 deste domingo. Dr°Aurélio Martins Candidato á Presidente de São Tomé e Príncipe lamentou o ocorrido endereçou os seus pêsames a família cristã inclusive a seus familiares,apelou as autoridades competentes a redobrarem esforços para que esses criminosos sejam julgados e condenados pelos serviços judiciário Angolano, recordar que estes comportamentos não é aceitável na sociedade, Angola encontra se em paz desde os acordos de Luena e com uma Democracia modelo na África.”Segundo testemunhas, a vítima encontrava-se parada no local onde ocorreu o crime. Eles (os criminosos) interceptaram o sacerdote e a freira com uma arma de fogo do tipo pistola e anunciaram o assalto”, disse, salientando que o padre resistiu ao assalto e “foi esfaqueado no braço esquerdo e depois baleado com um tiro no peito”.O responsável explicou ainda que as vítimas não resistiram aos ferimentos e morreram no local do crime.

 “Os assaltantes levaram dois telemóveis, alguns documentos e a viatura da vítima, que foi encontrada abandonada na manhã de hoje num matagal”, afirmou.

 De recordar que em menos de 15 dias, esta é a segunda morte de padres que a igreja católica regista. O primeiro caso ocorreu em Luanda, no município de Viana, no Distrito do Zango 1, quando o padre, Manuel Veiga, de 36 anos, de nacionalidade colombina, ao estacionar a sua viatura, embateu contra uma motorizada, e, quando desceu para ver o estrago que tinha causado, foi morto à facada, por um elemento, já detido.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *