Governador do Namibe Ancher Mangueira viajou para Espanha para finalizar a compra de uma mansão em Calañas

 O governador da província do Archer Mangueira, mentiu a sociedade até inclusive no Senhor João Lourenço presidente da república de Angola e a sociedade angolana, ao dizer que viajou para Espanha na cidade de Madrid para fazer uma consulta das vista.

Documentos em posse do Maka Mavulo News, confirmam que Mangueira viajou para Espanha para finalizar a compra de uma mansão em Calañas  município da Espanha na província de Huelva, comunidade autónoma da Andaluzia onde se situa a mansão de Ancher Mangueira custou 27.483.000.00 Euros é o homem mais rico deste Município,com uma área de cultivo de videiras  para o fabrico de vinho, aviários,campo de plantação de batatas reno,5 barcos de pesca e 3 hotéis luxuosos juntos a fronteira com Portugal,onde ele pretende viver com família neste município depois de abandonar a vida política e desfrutar da sua riqueza adquirido com dinheiro dos fundos público.

É de recordar que a que Archer Mangueira desviou através da sua empresa TERPONTE, SA, mais de 100 milhões de dólares.

A TERPONTE, SA é uma empresa de construção civil e obras públicas com sede em Benguela, tendo, segundo um anúncio em Abril de 2020, sob sua responsabilidade, as obras de reabilitação de 76 km da estrada Bibala-Lola, na província do Namíbe e de 70 km da estrada EN 170/260 Luzi/Kassamba/Kamgamba, no Moxico.

Com isso, e, segundo dados, entende-se que as obras em Bibala-Lola, com início em 2014 não tenham sido concluídas em 2017, conforme estava previsto.


Valor final após revisão de preços -11.860.000.000,00 AON


valor a receber pela Terponte SA – 11.360.000.000.00 AON


Diferencial a distribuir- 480.000.000,00 AON

equipe do MOP que fez a revisão de preços 50 milhões

Ministro 100 milhões

Facilitador do pagamento dentro da AGT 100 milhões

Archer Mangueira 100 milhões

Impostos 30.000.000,00 AON, o restante na altura ainda por identificar.

Por Gaudêncio Ngueve 24/03/2021

Madrid Espanha

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *