nos bancos existe várias burocracia só tem acesso aos dólares quem está conectado com as altas figuras do MPLA

Nelito Ekwikwi o jovem forte da UNITA secretario provincial de Luanda, contactado pela CNN ANGOLA sobre a nota do ministério da indústria e comércio,posta a circular nas redes sociais que a CNN ANGOLA teve acesso, eis o teor na íntegra:REPÚBLICA DE ANGOLA MINISTÉRIO DA INDÚSTRIA E COMÉRCIO GABINETE DE COMUNICAÇÃO INSTITUCIONAL E IMPRENSA SIMPLIFICAÇÃO DO LICENCIAMENTO COMERCIAL Visando a melhoria do ambiente de negócios no país, o Ministério da Indústria e Comércio informa aos operadores comerciais e agentes económicos em geral, que estão a ser implementados novos procedimentos de licenciamento comercial, no quadro dos quais a emissão do alvará comercial passa a ser exigivel apenas para as actividades que se referem ao comércio dos seguintes produtos: Bens alimentares; Espécies vivas vegetais, animais, aves e pescados; Medicamentos; • Automóveis; • Combustiveis; • Lubrificantes; • Produtos químicos. As restantes actividades, consideradas de baixo risco à saúde humana e animal, ficam isentas do alvará comercial, estando sujeitas a um procedimento simplificado de cadastro e autorização junto das Administrações Municipais, que possibilita a que o estabelecimento comercial seja aberto no mesmo dia da submissão do pedido. Para os casos de actividades consideradas de alto risco, como as referidas acima, o Ministério da Indústria e Comércio está a articular com os demais Departamentos Ministeriais que intervêm no processo no sentido de possibilitar o seu licenciamento local, a redução dos prazos para emissão das licenças prévias, a diminuição de procedimentos e da carga documental, bem como a eliminação da duplicação de pedidos de documentos já solicitados por outros sectores. A implementação destas medidas trás consigo um ambiente de negócios mais favorável å atração de investimento privado nacional e estrangeiro, fomenta a empregabilidade, optimiza a arrecadação de receitas fiscais e contribui em grande medida para a concretização do programa de reconversão da economia informal. GABINETE DE COMUNICAÇÃO INSTITUCIONAL E IMPRENSA, em Luanda, ao 14 de Abril de 2021. O DIRECTOR CLĂUDIO MOREIRA;o responsável da UNITA para Luanda reagiu ,o problema é que existem vários alvará consedido pelo governo do MPLA, infelizmente os proprietários destes alvará estão muito pobres faltam apenas de apoios financeiros para exercerem as suas atividades comerciais, nos bancos existe várias burocracia só tem acesso aos dólares quem está conectado com as altas figuras do MPLA, Nelito Ekwikwi afirmou em 2022 a UNITA formará o governo,os dólares estarão disponíveis para qualquer empresário e não só, temos que fazer crescer a economia do país isto é dar uma oportunidade para os proprietários de vários tipos de serviços comerciais inclusive vamos garantir uma óptima, colaboração com estes empresários Angolanos,a redução dos custos dos bens de consumo nas alfândega, interrogado sobre o nível alto dos jovens desempregados como a UNITA reduzirá está situação, Nelito Ekwikwi respondeu a UNITA é um partido político que sempre teve sempre na sua agenda, melhorar a qualidade de vida dos Angolanos é por isso que existimos, para recuperar a nossa economia é muito importante criar uma política para beneficiar a população e não criar uma política para dificultar a população afirmou Nelito Ekwikwi durante o tempo que disponibilizou por telefone ao jornal CNN ANGOLA. Por Elisabete Mussunda 15 Abril,2021 Talatona Angola

 

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *