IURD BISPO ALBERTO SEGUNDA A CNN ANGOLA


Como é do conhecimento público. a IURD está a ser alvo de um “golpe”
 levado a cabo por um conjunto de dissidentes e ex-pastores que se auto»intitulam de “Comissão de Reforma da IURD” e procuram a todo custo tomar o controle da Associação e afastar os seus legítimos líderes dos órgãos de direção.



Brasil e Angola são pátrias amigas e confiamos que o governo aplicará a lei, com respeito à liberdade religiosa e garantindo a vida de todos.
O grupo dissidente da Universal, por sua vez, acusa os pastores brasileira da Igreja de uma série de delitos, como evasão de divisas, lavagem de dinheiro, imposição da vasectomia, discriminação racial,faltando provas detas actos CNN ANGOLA entrevistou o Bispo ALBERTO SEGUNDA com objectivo de atualizar os ultimos ,desenvolvimento deste conflito injusto provocada pela ala reformista da IURD com o apoio da Policia Angolana

CNN  ANGOLA – Como começou esta situação na igreja?


BISPO ALBERTO SEGUNDA -Antes de narrar o inicio dos factos, vale salientar que a IURD tem um total de 10 bispos angolanos activos. e 3 bispos inactivos
 que foram desligados da instituição por má conduta e comportamentos que não se encaixam com o estatuto e regulamento interno da igreja.

2 em 2018 e 1 em 2019.

Como é do conhecimento público. a IURD está a ser alvo de um “golpe”
 levado a cabo por um conjunto de dissidentes e ex-pastores que se auto»intitulam de “Comissão de Reforma da IURD” e procuram a todo custo tomar o controle da Associação e afastar os seus legítimos líderes dos órgãos de direção.

Dentro destes factos importa referir que desde o passado dia 28 de novembro de 201 9
 com a tentativa de invasão a sede da IURD no Maculusso, e a divulgação de um manifesto com supostos crimes acusando a IURD, sendo que nenhum deles foi provado até a presente data. 

 Em 22.06.2020 este grupo de ex-pastores realizaram expulsões, agressões a missionários de nacionalidade brasileira,ocupando ilicitamente um conjunto de casas, Igrejas e templos da IURD em todo o território Angolano.
 Seguido de realização de assembleias
 gerais e extraordinária de forma ilegal.
Uma dessas assembleias é a que dizem ter tido lugar em 24.06.2020. onde se “deliberou”. entre outros, a destituição e a dissolução dos verdadeiros membros da Direcção da IURD e conferir ao ex-bispo Valente Bezerra Luís enquanto coordenador da auto-intitulada comissão de reforma todos os poderes de representação e por findo o serviço eclesiástico dos missionários Brasileiros em todo o território nacional.
Nenhuma dessas assembleias tem respaldo legal pois foram feitas à margem do estatuto da igreja e sem a anuência e conhecimento de nenhum membro da mesa do conselho de direção.

Os participantes desta assembleia à época da sua realização já não faziam parte da instituição uma vez que alguns já tinham sido desligado da instituição por conduta indecorosa e violação do estatuto e regulamento interno.

Desde o início do conflito a legítima direção da IURD tem tentado exaustivamente ser atendida pelo INAR, Ministério da CULTURA, Comissão
 Multi Sectorial , 7a. Comissão da Assembleia Nacional, Instituto Nacional para os assuntos Religiosos, Ministério para Assuntos Sociais, sem sucesso.
 Das diversas ações em tribunal as que tiveram decisão, foram favoráveis ao Conselho eleito em 05/12/19, culminando com a reintegração de posse das igrejas em Benguela, Lunda Norte e Huambo.


CNN ANGOLA – Desde 2019 que igreja vive esta situação porque a justiça não diz nada?

   BISPO ALBERTO SEGUNDA  Gostaria de responder essa questão caso soubesse o que está em causa desta morosidade da nossa Justiça. É nosso desejo que à justiça venha a público e diga o que realmente se passa. Mas também vale salientar que os supostos crimes no qual a igreja é acusada, que é o período de 2005 a 2017, os que estavam no conselho de direção da IURD são os mesmo que fazem tais acusações. Já que a igreja não comete crimes e sim os indivíduos, então não há força de vontade que esse processo ande por parte daqueles que acusam a igreja.
Até porque se esse processo ir até aos tribunais, os cabecilhas desta associação de malfeitores terão que responder.
Nós os chamamos de associação de malfeitores ou criminosos, porque os seus crimes foram publicados em plena média pública, em alguns casos antes das invasões já estava a Média no local para fazer a cobertura.
São crimes expostos que em qualquer parte do mundo esses indivíduos já estariam presos.

CNN ANGOLA -A ala dos reformista foi lhes entregue a igreja sem que justiça se pronuncia, será que existe algum a lhes defender?

BISPO ALBERTO SEGUNDA O que está havendo aqui é uma parcialidade na forma em que o estado está a gerir este conflito. Hora vejamos o ministro da cultura baseia-se em uma assembleia ilegal para legitimar alguém que já não faz parte da instituição, sendo que há um processo na PGR que ainda está fase de instrução.
Se for nesta linha eu diria que o ministério da cultura tomou parte sim.
   manifesto é apenas um pretexto para justificar suas intenções de dar o golpe na igreja como se vê hoje. E se assim não fosse eles esperariam à justiça fazer o seu trabalho.

CNNN ANGOLA- Porque a pgr nunca chamou e outros órgãos nunca chamou vocês como direção legítima da igreja para explicarem a vossa versão?

BISPO ALBERTO SEGUNDA  PGR e outros órgãos estariam em melhores condições para explicarem do porque que a direção legítima não é chamada. Nós estamos prontos e sempre estaremos para prestar qualquer esclarecimento as nossas autoridades.

CNN ANGOLA- Como esta a situação dos missionários brasileiros em Angola.

BISPO ALBERTO SEGUNDA  A situação dos missionários brasileiros,  está a depender dos recursos que foram postos e estamos aguardando uma resposta por parte das nossas autoridades.


CNN ANGOLA-Tem se notado que povo está com vocês e não com os reformistas, que palavra de conforto deixas aos vossos fiéis?

BISPO ALBERTO SEGUNDA  Disse é muito bem quando diz que o povo está connosco, imagine comigo, só em Luanda nós somos mais de duzentos mil membro é apenas cinco igrejas foram permitidas abrir, e mesmo assim elas se encontram vazias. Eram para estarem abarrotadas de gente até do lado de fora. E o povo conhece os seus pastores, por isso prefere orar do lado de fora que entrar em templos tomados por Rebeldes. Pois isso atrai maldição.

Aos fiéis eu digo que continuemos a orar para que à justiça seja feita, e que não percam a fé, pois o nosso Deus nos dará vitória nesta batalha.

CNN ANGOLA -Bispo deixa um apelo ao governo angolano e não só?

BISPO ALBERTO SEGUNDA  O meu apelo ao governo é o seguinte: 
Que o governo atente para o clamor, as lágrimas, do povo que noite e dia clama pedindo a devolução dos seus templos aos legítimos líderes e consequentemente a reabertura das mesmas para que possam cultuar o seu Deus.
E que possamos continuar a fazer o que sempre foi o nosso lema ajudar o próximo com inúmeras obras sociais como, doações de sangue, alfabetização, formação técnica e profissional, reintegração dos jovens que se encontram perdidos no mundo dá marginalidade, etc.

Por Cristina Ambrosio 

22 Abril,2021 Talatona Angola 

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *