Deputado da UNITA Nelito Ekuikui denuncia “cabala” contra ele devido aos distúrbios em Luanda

 

Serviço de Investigação Criminal pede ao secretário provincial da UNITA em Luanda que formalize queixa
LUANDA — O deputado e secretário provincial da UNITA em Luanda, Nelito Ekuikui, diz estar a ser criada uma “cabala” com vista à sua eliminação física, tendo por base a ideia de ser ele o mandante dos distúrbios que vêm acontecendo em Luanda, alegadamente por culpa das más condições de vida das pessoas.
O responsável do principal partido da oposição na capital angolana lembra que um dos seus seguranças foi assassinado e que o seu carro foi alvo de “embates estanhos”.
Em declarações à VOA, Ekuikui diz que há já algum tempo vem sentindo “uma estranha movimentação” em torno da pessoa dele.
O deputado, que ainda não formalizou nenhuma participação junto dos órgaos de investigação, afirma não temer pela sua vida, mas nega estar por trás dos distúrbios que se registam no país.
O Serviço de Investigação Criminal (SIC), contactado pela VOA, pede ao deputado para formalizar uma queixa das supostas perseguições.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *