Embaixada da Sérvia em Angola promete ao CNJ alargar pacote de bolsas de estudo aos jovens angolanos

 Embaixada da Sérvia em Angola, prometeu o alargamento do pacote de atribuição de bolsas de estudos, a partir do próximo mês de Junho do ano em curso

A garantia foi dada na quarta-feira, 6, durante um encontro que a direcção do Conselho Nacional da Juventude manteve com o embaixador servio, Milos Perisic.

No encontro da comitiva do CNJ liderada por Isaías Kalunga, as partes trataram de questões
ligadas ao desenvolvimento intelectual e social da juventude, cujo propósito fundamental foi a necessidade de atribuição de bolsas de estudo, destinadas aos jovens economicamente  carenciados, para que tenham condições que lhes permita prosseguir os seus estudos.
 
Na ocasião, o presidente do Conselho Nacional da Juventude (CNJ) sublinhou a necessidade das empresas sérvias que operam no mercado angolano, nos mais variados segmentos da actividade económica, participarem activamente no processo de empregabilidade e facilitação de estágios aos recém formados.
Entretanto, o embaixador Milos Perisic, fez questão de recuar à história, lembrando que, em 1975, a Sérvia foi o primeiro país da Europa a reconhecer a independência de Angola, este item, segundo o diplomata servio, “é prova bastante de demonstração de cooperação entre os dois Estados”.
 
Durante o encontro, o embaixador prometeu alargar o pacote de atribuição de bolsas de estudo que começa já no mês de Junho, e aperfeiçoar os instrumentos de cooperação entre o Conselho Nacional de Juventude de Angola e a República da Sérvia

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *