General José Tavares disponibilizou 60 milhões de Kzs e alguns apartamentos da centralidade da Marconi para Kawiki Sampaio da Costa

 

O MPLA continua a investir milhões para criar uma instabilidade na oposição, o general José Ferreira Tavares colocou a disposição 60 milhões de Kzs ao antigo militante da UNITA Kawiki Sampaio da Costa para colocar em funcionamento a sua organização de bajulação denominada movimento cívico “Alerta-Angola”, cujo o  objectivo é divulgar e enaltecer feitos da governação do Presidente da República, João Lourenço, durante o quinquênio 2017/2022.

Além dos 60 milhões para por em funcionamento o movimento cívico, Kawiki Sampaio da Costa, recebeu no início deste ano as últimas tranches monetárias e algumas moradias da Centralidade da Marconi para fazer a distribuição aos elementos que trabalharam na operação do pedido de impugnação do congresso da UNITA

O general José Ferreira Tavares que Preside a Akwa-Sambila coordena o gabinete e as operações de desgaste a imagem do Presidente da UNITA, Adalberto Costa Júnior, e não é conhecido o seu orçamento, o Lil Pasta News, que tem muitos recursos disponíveis para compra de consciências e promoção de dissidências em partidos e movimentos sociais.

A fonte que viemos citando disse-nos que este gabinete também é responsável por colocar na rua informações comprometedoras de figuras do regime quando o Presidente se quer ver livre delas, criando assim o ambiente para que a sociedade peça sua exoneração.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *