O GRANDE MEDO DE JLO/MPLA NÃO É A PERDA DO PODERM MAS SIM DE TEREM QUE RESPONDER POR TANTO CRIME

 

O GRANDE MEDO DE JLO/MPLA NÃO É A PERDA DO PODERM MAS SIM  DE TEREM QUE RESPONDER POR TANTO CRIME

QUE COMETERAM CONTRA ANGOLA E CONTRA OS ANGOLANOS

Por mais que a gestão do país pela UNITA opte por uma política de perdão ou seja de clemência para se apaziguar os ânimos na busca de um ambiente de convivência harmonioso entre os angolanos .

Pelo tamanho das feridas e cicatrizes marcadas por estes quase 50 anos de gestão claramente criminosa do país vai ser impossível se perdoar tudo e todos.

O que será compreensível , quando se ultrapassam de todos os limites em quase tudo que se fez e ainda se faz contra Angola e contra os angolanos.

Somem vocês mesmos e olhem vocês mesmos a vossa volta , ao vosso redor , ao vosso lado quer esquerdo como o direito se olhem vocês   mesmos entre vocês uns nos outros ?

Um país com gente com contentores e contentores de dinheiros com essa miséria toda .

Essa falta de quase tudo e até de amor para dar ao roubado e desgraçado .

Ao contrário do que fazia o colono portugueses que sabia ao menos dar tudo ao colonizado ainda que fosse apenas para não perder a sua condição de colonizador .

Porra mais isso não passa pela cabeça do colono negro ?

Quem matou tanto como matou o MPLA seus adversários políticos , crianças , jovens.

E velhos deste país por ganância do poder não tem como não temer pela mudança , quero mesmo acreditar que haverá ranger de dentes .

Muita verdade silenciada desde há décadas serão reveladas , as listas dos assassinos sobre quem matou quem serão desenterradas , quem forçou quem para  ser sua esposa .

Quem mandou envenenar quem no Brasil , Portugal, Inglaterra , Alemanha e nos Estados Unidos vão aparecer em fração de segundos , oxalá que desta vez os angolanos não aceitem mais uma batota eleitoral.

Muita verdade virá sim ao de cima , inclusive inéditas como quem mandava matar os homens que se arriscaram a andar com a mãe do Zenú Dos Santos ?

Depois que essa foi forçada a  se separar de JES pelos seus muchachos dos serviços secretos por ordens superiores por exemplo para arrepio do filho e das famílias das vítimas

Fernando Vumby

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *