Ação maliciosas do General Tavares e de Norberto Garcia bate na rocha na província do Moxico

 

As coisas vão de mal a pior no seio do conhecido gabinete do mal, liderado por José Tavares e o antigo arguido do caso burla tailandesa Norberto Garcia.

Informações chegada a redação do Lil Pasta News, dão conta que no início do mês Maio uma equipe coordenada por Norberto Garcia viajou para província do Moxico afim de aliciar os ativistas e políticos daquele região do país, mas o plano foi por água abaixo e nenhum aceitou.

Segundo alguns ativistas que falaram para o Lil Pasta News, a turma Tavares e do Norberto Garcia nos apresentou propostas de casas e carros, e no final deveria se realizar um grande encontro de auscultação com eles, onde os ativistas deviam reconhecer o esforço do executivo e lavar a imagem de JLo. 

Nos últimos dias alguns jornalistas de órgãos de comunicação pública, tem ligado para vários portais de notícias em nome de Norberto Garcia e José Tavares, apresentado propostas de parceria, com objetivo de parar as denúncias contra estes governantes corruptos.

É de recordar que o Lil Pasta News denunciou no mês de Maio, que o advogado angolano Bruce Manzambi Filipe reclama junto ao general José Tavares Ferreira, o pagamento pelos serviços que prestou para os trabalhos que levaram no anulamento do XII congresso da UNITA, resultando na destituição de Adalberto Costa Júnior, no ano passado. O advogado terá perdido os rastos, do homem de confiança do Presidente João Lourenço.

Segundo fontes próximas ao advogado, tudo começou no ano passado quando o mesmo realizou reuniões com general José Tavares Ferreira na casa deste no Mussulo, e outras vezes no gabinete deste no edifício “Sambizanga”, Luanda, na qual foi lhe confiado a tarefa de apoiar um grupo de militantes da UNITA, a impugnar o XII congresso do maior partido da oposição. Ao advogado, o general Tavares propor a quantia de 500 milhões de kwanzas, que até não foram honrados, levando o também jurista a rebelar-se.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *