JORNAL FACTOS DE ANGOLA Economia DENUNCIA PÚBLICA

DENUNCIA PÚBLICA

DENUNCIA PÚBLICA

1`- BARBARIDADE E TERRORISMO EM LUANDA, PRATICADO POR TITO NAUFICO

CAMBANGE, RECENTEMENTE NOMEADO A MEMBRO DO COMITÉ CENTRAL E

INTEGRANTE DA LISTA DOS DEPUTADOS DO MPLA, LIDERADO PELO PRESIDENTE

JOÃO LOURENÇO.

2- POR VOLTA DAS 03H30 DE MANHÃ DO DIA 12 DE JUNHO DE 2022, TITO

ACOMPANHADO DE (3) ELEMENTOS DO SEU GANG (DELINQUENTES), LIDEROU UMA

ACÇÃO DE TENTATIVA DE ASSASSINATO CONTRA O VIGILANTE DE UMA EMPRESA DE

SEGURANÇA PRIVADA O SR. PAZITO, RECORRENDO EM PUNHAIS, FACALHÕES E

BARRAS DE FERRO.

3- O FACTO OCORREU NUM EDIFÍCIO DO BAIRRO MACULUSSO QUANDO FLÁVIA, QUE

SE DIZ SER NAMORADA DO MESMO, ALEGANDO ESTAR SENDO VÍTIMA DE UMA

TENTATIVA DE ASSALTO NO INTERIOR DO EDIFÍCIO.

4- EM REACÇÃO TITO, MOBILIZOU O SEU GANG INVADINDO O PRÉDIO E ACABARAM

ENCONTRANDO ACIDENTALMENTE O VIGILANTE ACIMA REFERIDO NO EXERCÍCIO DAS

SUAS FUNÇÕES COMPLETAMENTE INOCENTE DO QUE SE PASSAVA, SEM PERGUNTAR

O ACUSARAM SER O PRESUMÍVEL LADRÃO, PARTINDO PARA AGRESSÃO FÍSICA COM

FACAS E FERROS ARRASTANDO-LHE PELOS PÉS DO 5º ANDAR ATÉ AO RÊS DO CHÃO,

A VÍTIMA FOI BATENDO COM O CRÂNIO EM TODOS DEGRAUS.

5- EM SIMULTÂNEO TITO, FOI ACOMPANHANDO COM GESTO SELVAGEM O PROCESSO

MACABRO, MASSACRANDO A VÍTIMA COM UMA BARRA DE FERRO ESPANCANDO NOS

TESTÍCULOS E NO RESTO DO CORPO, COMO MOSTRA AS IMAGENS.

6- A VÍTIMA SÓ FOI SALVA PELA PRONTA INTERVENÇÃO DA POLÍCIA, FOI CHAMADA

PELOS VIZINHOS HORRORIZADOS E TRAUMATIZADOS COM A FORMA DESUMANA A

QUE ESTAVAM A TRATAR UMA PESSOA INOCENTE E INDEFESA COM SE DE UM ANIMAL

SELVAGEM SE TRATASSE.

7- A POLÍCIA DA SEGUNDA ESQUADRA NO CRUZEIRO, CONSEGUIU DETER (2)

MEMBROS DO GANG, TITO E OUTRO MEMBRO COLOCARAM-SE EM FUGA.

8- COM TODA ESTA BARBARIDADE UMA PERGUNTA QUE NÃO SE QUER CALAR:

SERÁ QUE É ESTE O PERFIL RECOMENDADO PELO PRESIDENTE JOÃO LOURENÇO,

PARA OS MEMBROS DA CÚPULA DO MPLA E RESPECTIVOS DEPUTADOS???.

9- SE NÃO, O PRESIDENTE FOI ENGANADO OU INDUZIDO A ERRO AO INCLUIR NA

DIRECÇÃO DO MPLA E NA LISTA DOS DEPUTADOS PESSOAS COM PERFIL DE

DELINQUENTES, SELVAGENS E BÁRBAROS QUE AINDA SEM IMUNIDADES

PARLAMENTARES JÁ SE SENTEM NO DIREITO DE FAZEREM JUSTIÇA POR MÃOS

PRÓPRIAS E TIRAR AS VIDAS A PACATOS CIDADÃOS CUJO OBJECTIVO É TRABALHAR

HUMILDEMENTE PARA O SUSTENTO DAS FAMÍLIAS.

 

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Post