ADALBERTO ESTUDOU MELHOR O PERFIL DO BANDIDO ( MPLA )E ELABOROU A MELHOR ESTRATÉGIA DE O ENFRENTAR ASSIM ESTÁ EM MELHORES CONDIÇÕES PARA LIDAR COM ELE.

 

ADALBERTO ESTUDOU MELHOR O PERFIL DO BANDIDO ( MPLA )E ELABOROU A MELHOR ESTRATÉGIA DE O ENFRENTAR ASSIM ESTÁ EM MELHORES CONDIÇÕES PARA LIDAR COM ELE.

Saber ser bandido e meio , quando se lida com bandidos é importante , ninguém perde nada com isso e nem se suja por agir como bandido e meio .

Quando e sempre que está em causa se desmontar ou seja se desmascarar os planos do bandido armado sempre no mais espertalhão da sanzala , do bairro ou do país.

O Adalberto também aqui marca a diferença e dá à UNITA uma outra dinâmica e estratégia mais adequada de como se lida e se confronta com um bandido do tamanho de um MPLA.

Um MPLA claramente estruturado ,organizado e coordenado como um perfeito bando de bandidos.

Nem é preciso se considerar os xingamentos justos , reais , precisos nem as denúncias pontuais feitas por seus militantes.

Como o Riquinho e outros tantos , para nos considerarmos na verdade em luta e perante um MPLA que tem tudo de bandido menos de organização política.

O Adalberto está e tem usado as armas certas e certeiras que o Samakuva por exemplo não usou .

Mesmo quando confrontava o mesmo bandido de hoje o de quase 50 anos no poder , por isso é que essa UNITA de hoje já não é a mesma de outro hora.

Ela evoluiu no tempo e no espaço e ganhou outra dinâmica , aquela que se espera de uma organização com a grandeza da UNITA .

Valeu o Adalberto ter feito um estudo melhor do perfil bandido do seu adversário e ter conseguido a melhor receita para enfrenta-los quase de peito aberto.

O medo que o MPLA tem hoje do Adalberto , não me refiro ao medo musculado.

Já é quase o mesmo que tinha do Dr. Jonas Savimbi e não é o mesmo que teve do Samakuva , quando era visto até como uma espécie de rapaz obediente por alguns dirigentes do MPLA em especial por JES e JLO.

Fernando Vumby

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *