O ADALBERTO ESCOLHEU OS QUE ACHOU QUE DEVERIA E FEZ BEM ” RESTA-NOS RESPEITAR A SUA DECISÃO ” E ENCORAJAR OS INDICADOS

 

O ADALBERTO ESCOLHEU OS QUE ACHOU QUE DEVERIA
E FEZ BEM ” RESTA-NOS RESPEITAR A SUA DECISÃO “
E ENCORAJAR OS INDICADOS
Independentemente dos nomes quero mesmo acreditar que os escolheu de boa fé .
Como boas intenções comprometido com os interesses de Angola , dos angolanos  da sua própria UNITA que lidera e da  democracia que se pretende ver instalada no país .
Vamos encorajá-los  também de boa  fé sem olharmos aos seus  nomes .
Pois todos eles estarão perante uma situação nova  e difícil , e o aconselhável nessas situações é não darmos  tempo à dúvidas e ao medo  que perturbam a autoconfiança.
A atitude mais eficaz neste momento não é se estar a discutir agora , nem se deixar manobrar pelo MPLA.
Que quero sempre manter o seu focinho encardido nos assuntos da UNITA ou seja  porque o beltrano ou o  sicrano não  fazem parte da lista .
Vamos  encorajá-los , eu pelo menos vou fazer porque sei que assim lhes poderei ajudar  com palavras estimulantes.
Com mensagens positivas lhes dirigidas , porque são momentos em que eles mais precisam de autoconfiança e não de serem desmoralizados.
Como novos possíveis deputados eles estarão numa fase como pessoas que vão  fazer uma prova de avaliação  onde a autoconfiança será muito  importante .
Para o bom desempenho do seu papel na assembleia nacional como representantes do povo. 
Com a força da convicção e até com um certo entusiasmo acredito que eles vão saber representar o povo angolano.
Não quero terminar essa crônica sem lhes  aconselhar para que comecem mesmo já ir  treinando .
Como eu fazia quando tinha que fazer uma prova de avaliação com palavras animadoras como essas ; – (  Estou preparado  )  ( Já dei provas da minha capacidade )  (  Vou sair-me bem )
Sempre que pensei assim de forma positiva tive êxito e cada êxito  foi para mim  um novo reforço para a minha autoconfiança.
Parabéns manos pela indicação como possíveis representantes do povo .
Como militantes da UNITA ou como simples independentes é igual logo que esteja em causa sempre e sempre em primeiro lugar os interesses de Angola e dos angolanos.
Fernando Vumby

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *