Dinheiro para financiar campanha eleitoral dos partidos políticos passa de 445 milhões para 1.112 milhões de kwanzas

 

O Presidente da República, João Lourenço, reviu nesta segunda-feira, 11 de julho, em alta o valor a atribuir aos partidos para a campanha eleitoral, que passou de 445 milhões de kwanzas para 1.112 milhões, quase três vezes mais. 

Embora o decreto presidencial não mencione os motivos que levaram ao ajustamento do montante de financiamento público a atribuir a cada uma das oito candidaturas aprovadas pelo Tribunal Constitucional (TC), julga-se que seja pelo fato de alguns partidos políticos terem manifestado publicamente o seu descontentamento em relação ao valor disponibilizado inicialmente. 

O referido valor, segundo o Decreto Presidencial, será atribuído a cada um dos partidos e coligações concorrentes admitidos pelo Tribunal Constitucional, designadamente os partidos MPLA, UNITA, PRS, FNLA, APN, PHA e P-NJANGO e da CASA-CE.


Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *