Comandante Bazuka lidera um grupo de marginais que rouba e vende apartamentos ilegal no Kilamba

Comandante Bazuka lidera  um grupo de marginais que rouba e vende apartamentos ilegal no Kilamba 

Depois da sua exoneração no cargo de comandante municipal da polícia no município de Belas, varias são as denúncias contra Bazuca Miranda, que chegaram a nossa redação. 

Colegas e munícipes acusam Bazuka de liderar um grupo que assalta, e vende de terrenos e apartamentos ilegal. 

O Bazuka não tem perfil para ser polícia, ele gosta de vida boa e utiliza a corporação para branquear os seus negócios ilícitos. Como é possível um polícia que não é de família rica e não tem um grande salário, usar ouros e roupas de marcas como Gucci e outras, questionou um colega que preferiu o anônimo. 

Roubos e ocupação ilegal de terreno 

Bazuka é acusado de ter um grupo de ocupação ilegal de terrenos que chegam mesmo a agredir e matar proprietários de lavras.

A camponesa Joana Narciso, disse que viu a parcela de 200 metros quadrados, que detém desde o tempo colonial no bairro do Bita, invadida por um grupo que são conhecidos por ser protegido pelo comandante Bazuka que a ameaçaram de morte e deram-lhe alguns dias para abandonar o local. 

Venda ilegal de apartamentos 

Com os seus ponta de lance no Fundo de Fomento Habitacional, a turma de Bazuka está envolvida em vendas ilegal de apartamentos centralidade do Kilamba e na Urbanização Vida Pacífica, no valor de catorze milhões de kwanzas, quem denúncia é a cidadã Nuria Paula, que foi burlada por está quadrilha.

Bazuka está envolvido no roubo de 40 milhões de dólares e na morte de um oficial de investigação ligado ao “Caso Lussaty”.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *