Aqui está a classe mais corrupta angolana depois dos generais

 

Aqui está a classe mais corrupta angolana depois dos generais

São conhecidos como legalistas e intransigentes no que diz respeito à Lei e a Constituição. Porém, não passam de autênticos fariseus, pois desprezam a essência dos estatutos, porque se apegam ao formalismo e a hipocrisia das riquezas e bônus dadas por um pequeno grupo de idiotas que com soberba e falsidade professam serem os “detentores eternos do poder” em Angola.

Juízes que com aparente “santidade/legalidade” transformam os rituais de purificação (como da água para o vinho) em atos tóxicos, para legalizar gente dissoluta que quer a todo o custo se posicionar acima de tudo e de todos por intermédio do poder.

Completos da aparência de ovelhas, (formados para serem imparciais) eis que essa geração de juízes fariseus são como lobos cruéis e vorazes no meio de nós.

Buscam a sua própria glória e não a glória do povo angolano, pois, não têm parte ou compromisso algum com as leis e muito menos com a Constituição da República. São dissimulados e pelos seus frutos os conhecemos!

Há de chegar a vossa vez!

Ladslau Gonçalves

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *