JORNAL FACTOS DE ANGOLA NACIONAL Joel Leonardo o corrupto Juiz fica com a casa de praia de Rabelais

Joel Leonardo o corrupto Juiz fica com a casa de praia de Rabelais

Joel Leonardo o corrupto Juiz fica com a casa de praia de Rabelais post thumbnail image

Juiz fica com a casa de praia de Rabelais
Lisboa – O Presidente do Tribunal Supremo de Angola Joel Leonardo, mostrou-se interessado em ficar com uma casa de praia pertencente ao antigo ministro Manuel Rabelais, localizada na península do Mussulo.
entregue voluntariamente por Manuel Rabelais ao Serviço Nacional de Recuperação de Activos (SNRA) da PGR no momento em que estava a ser interpelado pela justiça.

Joel Leonardo o corrupto Juiz fica com a casa de praia de Rabelais

Joel Leonardo que até então era dos poucos dirigentes do regime que não tinha ainda casa no Mussulo, decidiu ficar com o imóvel recorrendo ao Decreto Presidencial nº 69/21 que orienta os órgãos da administração da Justiça, nomeadamente a Procuradoria-Geral da República (PGR) e os tribunais, a ficarem com 10 por cento do valor líquido de cada activo financeiro e não financeiro recuperado a favor do Estado, no âmbito do combate a corrupção.

Fontes do Club-K alertam que este decreto presidencial está a ser propositadamente mal interpretado pelo juíz Joel Leonardo, uma vez que o documento não diz que os bens aprendidos devem ficar para o uso pessoal dos magistrados, mas sim para o patrimônio dos órgãos da administração da justiça.

Desde que João Lourenço assinou o referido decreto, o Presidente do Supremo tem de dedicado na repartição dos bens confiscados a vários ex- dirigentes. Em Junho de 2021, levou a esposa para visitar uma mansão no Talatona que a PGR havia confiscado ao antigo diretor do INEA Joaquim Sebastião. A residência em causa, está localizada na Rua CRS20 e foi arrestada pelo Serviço Nacional de Recuperação de Activos (SNRA) da PGR que por sua vez tem como fiel depositário o Instituto de Gestão de Activos e Participações do Estado (IGAPE).

Um outro Juiz do Tribunal Supremo, Daniel Modesto Geraldes (primo de Joel Leonardo), apoderou-se de uma outra casa no condómino Vila Mar, também pertencente a Joaquim Sebastião. Para além, desta casa o Juiz Modesto Geraldes conta com uma casa no condomínio “Jardim de Rosas”, no Benfica e outra no “Boavida”.

Ainda no Talatona, um outro Juiz de comarca Isidro Gourgel, que trabalha no gabinete do Presidente do Tribunal Supremo, apoderou-se em finais de 2021 de uma casa pertencente igualmente a Joaquim Sebastião, no condomínio Vila Mar. A casa encontrava-se lacrada e sob guarda do Cofre Nacional de Justiça (CNJ).

Com o julgamento de Manuel Rabelais, o líder do supremo virou-se para a casa do Mussulo deste antigo governante. O imóvel era habitado por uma antiga companheira de Rabelais com quem tem filhos. De acordo com investigações, depois de desalojada a ex-companheira de Rabelais ficou sem casa própria para onde morar com as suas crianças. Há relatos de que seguranças que alegam ter mandato do Presidente do Tribunal Supremo, estão a vender o recheio da casa ao desbarato.

Fonte club-k

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Post