JORNAL FACTOS DE ANGOLA NACIONAL A Loucura de Higino Carneiro quer tirar João Lourenço da presidência do MPLA e se tornar presidente de Angola

A Loucura de Higino Carneiro quer tirar João Lourenço da presidência do MPLA e se tornar presidente de Angola

A Loucura de Higino Carneiro quer tirar João Lourenço da presidência do MPLA e se tornar presidente de Angola post thumbnail image
João Lourenço Presidente da república de Angola

Higino Carneiro quer tirar João Lourenço da presidência do MPLA e se tornar presidente de Angola

General é o primeiro a manifestar intenção de substituir João Lourenço na presidência dos camaradas. Tudo indica que o próximo Congresso do MPLA será marcado com várias surpresas. A primeira é a candidatura de Higino Carneiro, a presidência do partido. O general apresentou a vontade de chegar a presidência aos mais próximos, reitera também no seu mais recente livro, como sendo vontade do seu pai. Será que Higino Carneiro não terá barreiras, como por exemplo o desarquivamento dos processos-crimes, um homem com perfil de corrupção prática que cometeu durante a era do malogrado JES, com o beneplácito de João Lourenço presidente do MPLA permitiu estar no parlamento e na lista de liderança do MPLA como uma figura gozando de imunidade e respeito no seio do partido dos camaradas,Higino carneiro tem vindo a desenvolver uma política de mobilização de membros do MPLA para criar uma revolta interno para a ele liderar o partido e concorrer as eleições gerais de 2023, pagando vários portais de notícias para promover a sua imagem e branquear os seus roubos no erário público,a ingratidão deste não tem medidas para calcular,85% dos membros do MPLA desejam a permanência de João Lourenço como líder do MPLA e 79,93% da população angolana estão satisfeitos com a liderança deste nos destinos da nação, os factos de Angola fez uma breve sondagem no mês de Janeiro com objetivo de saber se João Lourenço presidente da república de Angola poderá ser novamente república da república no terceiro mandato,caso a constituição poderá ser rectificada e aprovada no parlamento, nos 579 entrevistados 86% desejam ver Lourenço na presidência interrogados afirmam estão satisfeitos com o modelo de governação deste mas concretamente no sistema de justiça e direitos humanos, liberdade de expressão e o combate a corrupção tem vindo a desenvolver um excelente trabalho invejável e um exemplo de muitos países africanos estão seguindo o modelo de Angola.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Post