JORNAL FACTOS DE ANGOLA Mundo EMBAIXADA DOS ESTADOS UNIDOS COMUNICADO DE IMPRENSA SECÇÃO DE IMPRENSA, CULTURA E EDUCAÇÃO

EMBAIXADA DOS ESTADOS UNIDOS COMUNICADO DE IMPRENSA SECÇÃO DE IMPRENSA, CULTURA E EDUCAÇÃO

EMBAIXADA DOS ESTADOS UNIDOS COMUNICADO  DE  IMPRENSA SECÇÃO DE IMPRENSA, CULTURA E EDUCAÇÃO post thumbnail image

EMBAIXADA DOS ESTADOS UNIDOS

SECÇÃO DE IMPRENSA, CULTURA E EDUCAÇÃO

LUANDA, ANGOLA

COMUNICADO DE IMPRENSA

EMBAIXADA DOS ESTADOS UNIDOS COMUNICADO DE IMPRENSA SECÇÃO DE IMPRENSA, CULTURA E EDUCAÇÃO

Luanda, Angola – Os Estados Unidos DA América juntam-se a Angola e à comunidade global para comemorar o Dia Mundial da Vida Selvagem a 3 de Março, que marca o 50º aniversário do histórico Tratado da Convenção sobre o Comércio Internacional de Espécies Ameaçadas da Fauna e Flora Selvagens (CITES) para proteger espécies ameaçadas da extinção.

Os Estados Unidos orgulham-se de ser um parceiro de longa data do Governo de Angola no apoio a programas de combate ao tráfico ilícito da vida selvagem, preservar a biodiversidade e outras iniciativas de conservação, e recentemente expandiu os programas para o domínio de combate à exploração madeireira ilegal e a pesca ilegal não declarada e não regulamentada.

Com a cooperação do Ministério do Meio Ambiente e do financiamento do governo dos EUA de uma doação de USD 624.000 para a ONG TRAFFIC, mais de 200 juízes, promotores, investigadores e funcionários alfandegários Angolanos de 10 províncias receberão formação em 2023 em matéria de investigação e julgamento de casos de tráfico ilegal da vida selvagem. Em Fevereiro, decorreram acções de formação em Menongue, estando previstas outras em Benguela, Cabinda, Luanda e outras cidades.

O projeto também fortalecerá a capacidade de Angola de combater a extração ilegal e o tráfico de madeira, uma actividade que se alinha com os esforços contínuos de Angola para impedir as exportações ilegais de madeira a granel e outros produtos florestais. A exportação ilegal de madeira prejudica a subsistência do povo Angolano e é uma das principais ameaças à vida selvagem e às florestas do
Num projeto separado financiado pelos EUA aprovado em 2022, a ONG Stop Illegal Fishing e a Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC) trabalharão com Angola para fortalecer o monitoramento e controlo de embarcações de pesca de bandeira estrangeira em águas Angolanas e melhorar a partilha de informações entre as agências de controlo de pescas e da aplicação da lei nas nações da SADC.

A Embaixada dos EUA em Luanda também continuará a apoiar os parceiros como The Nature Conservancy, African Parks, National Geographic e outros para facilitar e estabelecer pesquisas científicas para melhor fornecer informações sobre proteção da vida selvagem e preservação da biodiversidade e promover prosperidade económica, segurança e meios de subsistência sustentáveis para comunidades locais. O nosso objectivo é encorajar o apoio de parceiros que possam complementar projectos actuais e futuros para ajudar a avançar o trabalho que está a ser feito pelo governo de Angola e as organizações regionais como a Área de Conservação Transfronteiriça Kavango Zambeze (KAZA) e Comissão Permanente de Água da Bacia do Rio Okavango (OKACOM).

As actividades planejadas para 2023 dão continuidade à parceria entre os Estados Unidos e Angola, que há anos fortalece a proteção da rica diversidade de vida selvagem e vegetal do país. Isso inclui treinamento e equipamento para guardas-florestais, pesquisas de populações de vida selvagem e recursos florestais e programas para reintroduzir e proteger populações de espécies que foram devastadas por anos de guerra civil.

No 50º aniversário do Tratado CITES, os Estados Unidos continuam empenhados em trabalhar com Angola e outras nações para preservar o património natural do planeta.

Para mais informações, por favor contacte o Sr. Manuel Mungongo “Phil Nelo”, coordenador de conteúdos estratégicos da Embaixada dos EUA, através dos 222-641-134 e 923-284-117.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Post