JORNAL FACTOS DE ANGOLA NACIONAL As práticas do folha 8 e da TV8 baseada na desinformação Fake news não é notícia

As práticas do folha 8 e da TV8 baseada na desinformação Fake news não é notícia

As práticas do folha 8 e da TV8 baseada na desinformação Fake news não é notícia post thumbnail image

Fake news não é notícia. Desinformação não é jornalismo

Em uma sociedade democrática, é papel do jornalismo produzir e disseminar informações de interesse público.

A busca pela verdade, pela correção e pela objetividade é o que caracteriza e dá sentido à atividade jornalística.

Ainda que um conteúdo se utilize da linguagem, do formato e de outras características da notícia, ele não deve ser tratado como jornalístico caso não tenha compromisso com a verdade. Isso é prejudicial para o jornalismo e para toda a população, que precisa do jornalismo para ter acesso a informações que contribuam com sua participação na vida em sociedade.

Para nós, causa consternação o caminho seguido por um grande veículo, como a folha 8 e TV8, que utiliza uma outorga de TV YouTube e outras plataformas de conteúdo para propagar produtos da indústria da desinformação, que não têm origem certa, apuração verificável ou qualquer referencial nos princípios básicos do bom jornalismo e, no fundo, buscam destruir a credibilidade das instituições democráticas e o nome de empresas privadas que tenhem vindo a contribuir para o desenvolvimento da república de Angola,manchar o bom nome de personalidades tanto no executivo e não só.
Garantir que todos respeitem os valores éticos e estruturantes do jornalismo é o único caminho para consagrar as liberdades de expressão e de imprensa como inerentes à dignidade humana, à cidadania e como pilares de um país socialmente mais justo, plural e democrático.

Ajudar o executivo na resolução dos problemas das populações


O que a folha 8 e a tv8 publicaram é falso Aquelas casas estavam no perímetro de segurança da sub estação e o dono de obra mandou destruir as casas para manter o perímetro de segurança da sub estação Mas nada tem que ver com a Omatapalo.

William Tonet admirável tendo um comportamento de um falsos jornalistas com objetivo de enganar o povo.

Factos de Angola esteve no local investigou no sentido do jornalismo investigativo imparcial, está provado uma campanha contra a empresa Omatapalo com objetivo de criar um descontentamento no seio da sociedade angolana contra a referida empresa.

Realmente é necessário que vários Jornalistas devem passar para uma formação sobre o jornalismo investigativo imparcial.

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Post