JORNAL FACTOS DE ANGOLA NACIONAL Com a falta de dinheiro em Angola o governo angolano gastou mil milhões de euros com a compra da fragata BR71 MKII

Com a falta de dinheiro em Angola o governo angolano gastou mil milhões de euros com a compra da fragata BR71 MKII

Com a falta de dinheiro em Angola o governo angolano gastou mil milhões de euros com a compra da fragata BR71 MKII post thumbnail image

João Lourenço, que discursava nas celebrações dos 47 anos de existência da Marinha de Guerra Angolana, na província do Zaire, durante a inauguração da Base Naval do Soyo, que servirá de região naval norte, e onde foram exibidas “as embarcações de patrulha, intercepção e transporte militar, que são parte de um lote dos meios contratados à empresa naval Privinvest Shipbuilding Investiments ao abrigo do despacho presidencial n.º 258/16, de 29 de Agosto de 2016”, considera que o País “deve investir em mais bases marítimas para albergar essas frotas que tendem a crescer em número e tamanho das embarcações, como também investir num estaleiro naval para a manutenção das frotas e iniciar a construção de navios de guerra em Angola, embrião para a indústria naval angolana”.

O Edge Group assinou um contrato no valor de mil milhões de euros, segundo o qual a empresa construtora naval líder, Abu Dhabi Ship Building, vai construir uma frota de fragatas avançadas com 71 metros de comprimento para a Marinha de Angola.. durante a sua participação nas actividades das exposições IDEX e NAVDEX 2023, que decorreu no Centro Nacional de Exposições de Abu Dhabi “ADNEC”.
A fragata BR71 MKII é um navio altamente avançado equipado com sistemas de missão modernos, incluindo radar 3D, conjunto de guerra eletrônica, comunicações seguras, canhão principal e sistemas de mísseis superfície-superfície e superfície-ar.

Khaled Al-Buraiki, Chefe do Setor de Plataformas e Sistemas da EDGE, disse – nesta ocasião -: “A assinatura do acordo de exportação de defesa no valor de um bilhão de euros representa uma conquista muito importante para o Grupo EDGE e para a Abu Dhabi Ship Building Company. demonstra nossa postura estratégica e nosso firme compromisso com o aumento das exportações nacionais em linha com as diretrizes da sábia liderança.” para o país.”

Ao exportar globalmente soluções avançadas fabricadas nos Emirados Árabes Unidos, a EDGE está trabalhando para desenvolver uma base industrial de defesa local, criar valor local, diversificar a economia e consolidar a posição dos Emirados Árabes Unidos como um importante player global nos setores de defesa e tecnologia avançada.

Edge descreveu uma corveta BR71 Mk II como uma sofisticada equipada com sistemas de missão avançada, incluindo um radar 3D, suíte de guerra eletrônica, comunicações seguras, uma arma principal e sistemas de mísseis superfície-superfície e superfície-ar.

Operando em um estaleiro de 330.000 metros quadrados em Abu Dhabi, a ADSB constrói corvetas, navios de patrulha offshore e barcos de patrulha rápidos para clientes militares e navios comerciais para a indústria de serviços petrolíferos. A empresa também oferece uma gama completa de manutenção, reparo e reequipamento, atualização e conversão, bem como serviços de consultoria de projeto e engenharia

David Massey, CEO da ADSB, disse: “ADSB está extremamente orgulhoso de ter assinado o acordo de exportação de € 1 bilhão. A fragata BR71 MKII é uma embarcação altamente avançada capaz de realizar múltiplas missões para proteger a costa de 1.600 km de Angola. Estamos ansiosos para atender aos requisitos operacionais da Marinha Angolana e aprimorar suas capacidades marítimas, bem como expandir as áreas de crescimento da Abu Dhabi Ship Building.

” Comercial para o setor de serviços petrolíferos. A empresa também fornece uma gama completa de serviços de manutenção, reparo, re-ferramentas, reforma e serviços de conversão, bem como serviços de design e consultoria de engenharia.

Por:Moussa Garcia

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Post