JORNAL FACTOS DE ANGOLA NACIONAL Denúncia contra o criminoso Norberto Garcia do gabinete da ação psicologisca do MPLA

Denúncia contra o criminoso Norberto Garcia do gabinete da ação psicologisca do MPLA

Denúncia contra o criminoso Norberto Garcia do gabinete da ação psicologisca do MPLA post thumbnail image

denúncia pública está a ver?

E a gente já sabe mais ou menos de onde é que isso vê.

Onde tentam de alguma forma criminalizar os mois atos aquilo que eu falo e aquilo que eu defendo, aquilo que eu do ponto de vista, sobre análise e o diagnóstico real da sociedade quero dizer o seguinte ao senhor Norberto Garcia daí do gabinete da ação psicologista isso não me atormente nada tu achas que a porra desses lixos que vocês estavam a fazer no sentido de desenformar as pessoas vai criar aí de mim uma intimidação?

Não, não vai, não vai. Eu sou mais velho, eu sou adulto, tenho consciência daquilo que fado. Eu não sou criminoso, vá lá buscar o lixo do artigo trigésimo trinta e três do código penal Vão lá buscar.
Continuem a buscar. Continuem a se magoear. Nunca vou deixar de falar o que eu penso. Porque aquilo que eu vejo. Aquilo que eu faço diagnóstico real da em que a gente vive. Que país é esse Quarenta e sete
anos da independência e nada funciona para nós. Os colonos eram culpados OK.

Já saíram há quarenta e sete anos. Temos vinte e um anos de paz afetiva. Norberto Garcia criminoso não sou eu.

E eu vou vou enfantizar ainda novamente. Se os diretores do SINSE e do SIC fossemos cargos por via de um concurso público João Lourenço estaria na cadeia por causa do crime de lesa-pátria que são minhas palavras porque não é normal seis anos de governação um desastre total deixou o país em estado de coma. Podem mandar o signo para morar. Venham até que o pouso.

Coloquem a algema.

Há para um inquérito mas eu não tenho freio na língua. Não tenho freio na língua. Sabe por quê? Porque eu vivo a realidade real de Angola a miséria institucionalizada, a pobreza generalizada, essa prostituição pois se tornou uma fonte de autossuficiência alimentar a nível das nossas irmãs, das nossas casas Isso
é normal e tenho que ficar calado porque o presidente tem armas.

Vai mandar matar. Manda matar. Eu só vou calar quando vem pela transformar o meu corpo num corpo gelado dentro de uma morga.

Mas enquanto não me calarem contigo com veneno seja com o que for vou continuar a falar em defesa dos angolanos eu sou angolano eu sou dos dembos eu não sou angolano de primeira classe de segunda terceira não sou um golano igual a qualquer um angolano eu sou dos dengos digo minha origem.

Mas eu sou de Angola. Eu sou de Angola. Senhor Norberto Garcia tu tinhas que ter é vergonha. Estavas macomunado na burla tailandesa.

Tu tens que ter até uma palavra de honra quando te tiraram da cadeia no teu chefe.

Quando te humilhou te jogou lá.

Ele tirou novamente.

Foi você que disse, a partir de hoje vou me entregar na igreja, você não tens escrúpulos por tudo por causa do dinheiro e um dinheiro que não é digno, um dinheiro que vem do assassinato, do genocídio coletivo.

O João Lourenço não tem capacidade, não capacidade como cognitiva não tem visão estratégica e política para governar Angola ele afundou o país fez os angolanos se tornarem indivíduos paupérremos entendes? Achas que eu tenho que ficar calado que está a me seguir a me procurar ganhem vergonha na cara.

O que é que vocês estão a fazer? Ganhem vergonha na cara. Isso é uma brincadeira que vocês estão a fazer ganho em vergonha na cara. Vi prender um cidadão porque eu falo o que pensa acham que isso que eu posso fazer é uma falta de respeito a uma fronte de um estado Angola tem estado quando é que Angola tem estado se o estado está capturado na mão do qual estado.

Por: Nelson Dembo

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Post