Com o IVA ou sem o IVA, as condições dos angolanos continuam na mesma

O Governo angolano tem vindo a adotar uma série de medidas para aliviar o sufoco económico e social que a maioria da população atravessa.

Uma delas é a redução do Imposto sobre o Valor Acrescentado (IVA) de 7 por cento para 5 por cento

“Não são os impostos que fazem subir ou descer os preços em Angola, o determinante para variação dos preços em Angola são os rendimentos petrolíferos aumentarem e irem ou não para a economia, por exemplo um produto que custe 1000 kwanzas, aproximadamente um dólar, 2 por cento de IVA sobre este produto é 102,O IVA não é o único culpado pela situação financeira. É necessário tomar decisões políticas para melhorar a vida dos angolanos e angolanas.

O governo devería apostar na diversificação da economia

Ao apresentar aos deputados a Proposta do OGE para o exercício económico do próximo ano, Vera Daves referiu-se, também, à necessidade de se racionalizar subsídios e suspender alguns direitos e regalias, cujos encargos são suportados com recursos ordinários do Tesouro. Ainda na perspectiva de se investir, cada vez mais, na economia e nas empresas, a ministra defendeu a redução dos custos com consultorias externas e o reforço da actuação  da gestão  activa da dívida.

A ministra das Finanças apontou a volatilidade do preço do barril de petróleo, a queda da produção petrolífera, mal crescimento do PIB, depreciação cambial, as tensões geopolíticas e o baixo acesso ao financiamento externo, como alguns dos principais riscos à execução do OGE-2024.

A governante disse prever um crescimento negativo do sector petrolífero, mas que deverá ser compensado pelo aumento positivo do sector não-petrolífero. Informou que a taxa aguardada de crescimento do PIB é de 2,8 por cento.

Segundo a titular da pasta das Finanças, o orçamento para o próximo ano foi elaborado ao preço de referência de 65 dólares o barril e na base de uma produção petrolífera diária à ordem de 1 milhão e 60 mil barris, salientando a antevisão para o fecho do exercício a uma taxa de inflação de 15,3 por cento

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *